Siga nosso Instagram Siga nossa fanpage Siga nosso Twitter Siga nosso Youtube

O estado do Rio em suas mãos 

Segunda, 03 Dezembro 2018 17:45

BNDES aprova colaboração de R$ 10,4 milhões para a Fiocruz. Não reembolsável

Coluna
Castelo Fiocruz Castelo Fiocruz Foto: Econt/Wikipedia

Projeto prevê restauração de patrimônio arquitetônico. Plano inclui criação de um fundo de endowment.


Por BNDES - Banco Nacional do Desenvolvimento

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES aprovou colaboração financeira não reembolsável, no valor de R$ 10,4 milhões, para a Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz - SPCOC. Os recursos, passíveis de dedução fiscal pela Lei Rouanet, representam 96% do projeto total, calculado em R$ 10,8 milhões.

A SPCOC tem a finalidade de apoiar atividades de pesquisa e documentação histórica, preservação do patrimônio arquitetônico, educação, divulgação científica e promoção cultural da Casa de Oswaldo Cruz, a unidade técnico-científica da Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz.

A presente operação faz parte do Plano de Requalificação do Núcleo Arquitetônico e Histórico de Manguinhos, importante equipamento cultural da Zona Norte do município do Rio de Janeiro. Este núcleo é formado pelo conjunto de edificações erguidas nas duas primeiras décadas do século XX: Pavilhão Mourisco, Pavilhão do Relógio, Cavalariça, Pavilhão do Quinino, Casa de Chá e Restaurante, além do Pombal.

O projeto contribui para a revitalização do entorno do complexo de Manguinhos ao promover o aumento do fluxo de visitação e oferta cultural, colaborando para a reversão do quadro de degradação social do local. Além disso, valoriza as vocações de pesquisa, educação, divulgação científica, preservação do patrimônio cultural e ambiental e atividades socioculturais da SPCOC.

Endowment

O plano aprovado alinha-se à estratégia de apoio do BNDES a projetos de preservação de patrimônio cultural, tendo em vista que ele prevê, também, a estruturação de um fundo de endowment para fortalecer institucionalmente a Fiocruz e auxiliar na sua sustentabilidade financeira de longo prazo. O projeto inclui, ainda, o restauro da Cavalariça e do Pombal, a implantação de museologia nos dois espaços, ações de educação patrimonial e capacitação profissional.

Fiocruz

Instituição federal de ciência e tecnologia vinculada ao Ministério da Saúde, a Fiocruz atua na geração de conhecimento, sendo uma referência na produção de vacinas, medicamentos, tratamentos e aprimoramento do sistema de saúde nacional. Criado em 1900 com o nome de Instituto Soroterápico Federal, foi responsável, sob a liderança do bacteriologista Oswaldo Cruz, pela reforma sanitária que erradicou a epidemia de peste bubônica e a febre amarela do Rio de Janeiro.

Desde então, já com o nome de Fundação Oswaldo Cruz, foi responsável por descobertas importantes na área de saúde, como o primeiro isolamento do vírus do HIV na América Latina e o deciframento do genoma BCG, usado na vacina contra a tuberculose.

BNDES e Patrimônio Cultural

O BNDES atua há mais de 20 anos em prol do patrimônio cultural brasileiro, contribuindo com o restauro de mais de 200 monumentos e sítios históricos. O presente projeto está alinhado à estratégia de apoio do BNDES a iniciativas de preservação de patrimônio cultural, pois preserva um importante monumento da cidade do Rio de Janeiro e fortalece a Fiocruz enquanto instituição científica, educacional e de saúde pública.



Gostou do conteúdo?

*CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


Siga-nos aqui

  Instagram

  Facebook

  Twitter

  Fale conosco

luciano aguiar de azevedo5

"Integrando a comunicação
no estado do Rio de Janeiro"

         - Luciano Azevedo (fundador)

Leia o editorial

Amigos colaborativos

Conheça as prefeituras, projetos, empresas, instituições, agencias e assessorias que colaboram diretamente conosco: