Siga nosso Instagram Siga nossa fanpage Siga nosso Twitter Siga nosso Youtube

O estado do Rio em suas mãos 

Quinta, 25 Outubro 2018 12:22

Prefeitura do Rio inaugura bosque na Ilha do Governador com pista, gramado, bancos, mesas de jogos e requalificação ambiental, com replantio de espécies nativas

Coluna
Bosque Caio Granado, no Jardim Guanabara, Ilha do Governador Bosque Caio Granado, no Jardim Guanabara, Ilha do Governador Fotos: Edvaldo Reis / Prefeitura do Rio

Antiga reivindicação dos moradores, espaço tem área de lazer e convivência.


Por Prefeitura do Rio de Janeiro

O prefeito Marcelo Crivella inaugurou nesta quinta-feira, 25 de outubro, a primeira parte do Bosque Caio Granado, no Jardim Guanabara, Ilha do Governador, na Zona Norte. A criação do bosque atende antiga reivindicação dos moradores, que pediam a revitalização do local, antes perigoso e alvo da ação de ladrões e de despejo ilegal de lixo e entulho. Agora existe uma área de lazer para crianças e adultos.

A inauguração foi em clima de emoção. O nome do bosque homenageia o jovem atleta Caio Granado, jogador de futebol americano que morava na região e era muito querido pela vizinhança. Ele morreu no ano passado, vítima de um acidente de carro, aos 24 anos. A mãe de Caio, Crysthina Granado, estava feliz. Ela é chamada pelos vizinhos de guardiã do bosque. Todo dia confere como estão as plantas e o jardim, e acompanhou a obra desde o começo.

"Crysthina nos inspira porque venceu a tristeza e a dor. Arrancou forças da fraqueza e se tornou mãe não só do Caio, mas de todo um bosque que celebra a vida. É um pedaço bem arrumado para a população caminhar, se divertir e conviver. E ainda não é tudo. Em breve vamos concluir a outra parte." Afirmou o prefeito.

O prefeito Marcelo Crivella inaugura a primeira parte do Bosque Caio Granado, no Jardim Guanabara, Ilha do Governador

Crysthina disse que o bosque é uma forma de manter vivo o nome do filho.

"Este bosque significa eternizar meu filho, que era o amor da minha vida. Deus me deu a oportunidade de ser mãe do Caio, e hoje agradeço à Prefeitura por essa linda homenagem e pelo novo espaço para o nosso bairro." comentou, emocionada.

Parque com materiais reciclados

O espaço ganhou nova área de lazer, com pista de caminhada e corrida, gramado, bancos, mesas de jogos e requalificação ambiental, com replantio de espécies nativas da Mata Atlântica, como Jatobá, Cedro, Jequitibá e Ipê.

A Comlurb instalou equipamentos de ginástica (barras paralelas e fixas, prancha abdominal) e parque infantil com brinquedos feitos de pneus e materiais reciclados. São carrinhos, pula-pula e bonecos montados de acordo com o projeto Rio Novo Olhar.

A obra durou dez meses. A Secretaria municipal de Conservação e Meio Ambiente colocou calçamento, pista de saibro para caminhada e estacionamento. Foram feitas ainda a colocação de corrimão e a recuperação da escada que liga as ruas Antônio de Paes Sande e Aureliano Pimentel.

A requalificação ambiental custou R$ 300 mil, sem custo para a Prefeitura, já que foi proveniente de medida compensatória (investimento de empresa que compensou o município por ter tido licença ambiental para obra em outro local). O projeto manteve a vegetação existente, mas realizou o plantio de árvores nativas, enriquecendo ainda mais o bioma da região.



Siga-nos aqui

  Instagram

  Facebook

  Twitter

  Fale conosco

Luciano Azevedo

"Integrando a comunicação
no estado do Rio de Janeiro"

         - Luciano Azevedo (fundador)

Leia o editorial

Amigos colaborativos

Conheça as prefeituras, projetos, empresas, instituições, agencias e assessorias que colaboram diretamente conosco: