Siga nosso Instagram Siga nossa fanpage Siga nosso Twitter Siga nosso Youtube

O estado do Rio em suas mãos 

Segunda, 07 Janeiro 2019 12:25

Prefeitura revisa refrigeração de hospitais para melhorar sistema

Coluna
Prefeitura revisa refrigeração de hospitais para melhorar sistema Foto: divulgação

A Prefeitura do Rio está tomando as providências para garantir a climatização da rede hospitalar.


Por Prefeitura do Rio de janeiro

Revisão geral no sistema de refrigeração

A Prefeitura do Rio está oferecendo assistência com mais conforto e qualidade à população nesta época do ano em que as temperaturas na cidade estão elevadas. Neste sábado, dia 5, o secretário municipal de Infraestrutura e Habitação, Sebastião Bruno, e o presidente da RioUrbe, Fabio Lessa, acompanhados de técnicos do município, estiveram em hospitais da rede municipal para revisão geral no sistema de refrigeração das unidades. Os hospitais visitados foram o Souza Aguiar, no Centro, o Salgado Filho, no Méier, e o Barata Ribeiro, na Mangueira.

Os hospitais visitados foram o Souza Aguiar, o Salgado Filho, e o Barata Ribeiro

No Souza Aguiar e Salgado Filho, que juntos realizam 16 mil atendimentos e 1.200 cirurgias por mês, equipes técnicas foram mobilizadas para trabalhar permanentemente no local e manter o sistema em funcionamento adequado. Além disso, na próxima segunda-feira, dia 7, a Prefeitura inicia os procedimentos administrativos, em caráter emergencial, para a cotação dos equipamentos e orçamento dos serviços complementares necessários, de forma a que as duas unidades não sofram mais com problemas decorrentes da climatização.

A Prefeitura inicia os procedimentos administrativos em caráter emergencial

A equipe de manutenção está fazendo a revisão geral do sistema do Souza Aguiar. Foi identificada a necessidade de substituição das três máquinas Chiller, responsáveis pela refrigeração do centro cirúrgico. Por serem muito antigos, esses aparelhos de refrigeração central apresentam problemas de funcionamento, o que resulta em oscilação de temperatura, que ontem, nas dez salas do centro cirúrgico, variava de 19,6 a 24,8 graus. As normas técnicas preconizam uma temperatura entre 18 e 22 graus.

No Hospital Salgado Filho, a temperatura aferida no interior da unidade foi de 22 graus. Os técnicos, no entanto, constataram problemas nos dois equipamentos do sistema de refrigeração no setor de emergência. Será necessária a aquisição de um novo Chiller, que se integrará ao conjunto existente, formando um sistema com três máquinas, uma delas como back up (suporte de emergência).

Já no Hospital Barata Ribeiro, onde a refrigeração das salas é feita por equipamentos de parede ou Split, foi verificada a perda de eficiência por falta de portas nas enfermarias. O prédio precisará passar por pequenas reformas para melhorar a climatização. O problema será resolvido, também de forma emergencial, com a manutenção e substituição de alguns aparelhos.

Os técnicos da RioUrbe também já atuaram na Coordenação de Emergência Regional (CER)

Os técnicos da RioUrbe também já atuaram na Coordenação de Emergência Regional (CER) do Leblon e no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, para correção do sistema de climatização.

Ainda neste verão, o Instituto Municipal de Geriatria e Gerontologia Miguel Pedro terá todas suas enfermarias climatizadas pela Prefeitura. A unidade é a única da rede municipal especializada nesse tipo de atendimento. O instituto tem dez enfermarias e 58 leitos e funciona agregado ao Hospital Municipal Barata Ribeiro, na Mangueira.



luciano aguiar de azevedo5

"Integrando os 92 municípios do estado"
         - Luciano Azevedo (fundador)

LEIA O EDITORIAL

Amigos colaborativos

Conheça as prefeituras, projetos, empresas, instituições, agencias e assessorias que colaboram diretamente conosco: