Siga nosso Instagram Siga nossa fanpage Siga nosso Twitter Siga nosso Youtube

O estado do Rio em suas mãos 

Segunda, 07 Janeiro 2019 16:19

Hortas do Centro POP e do NIS são incentivo para usuários em Petrópolis

Coluna
Hortas do Centro POP e do NIS são incentivo para usuários em Petrópolis Foto: Divulgação

Projeto criado para promover a integração social, oferece oportunidade de trabalho.


Por Prefeitura de Petrópolis 

O resgate da cidadania

O resgate da cidadania, é um dos principais objetivos do trabalho realizado pelo Centro Pop e Núcleo de Inclusão Social (NIS). Os programas desenvolvidos pela Secretaria de Assistência Social prestam atendimento a pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social para que sejam reintegradas à sociedade. Acompanhado pelo projeto há um ano, Paulo Cesar de Oliveira Couto, 50 anos, é um dos exemplos de que a ação tem gerado bons resultados. Após um ano sendo orientado pela equipe do NIS, deixou a posição de usuário e passou a ser prestador de serviço.

O Centro Pop atende cerca de 220 pessoas mensalmente

Há 4 anos em funcionamento em Petrópolis, o Centro Pop atende cerca de 220 pessoas mensalmente. No último ano 41 pessoas assistidas foram reabilitadas. “Nosso município tem se preocupado em contribuir que essas pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social se reintegrem e consigam retomar suas vidas. Esse é um exemplo muito positivo do trabalho realizado”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Paulo Cesar se tornou o jardineiro da horta

A mudança na vida de Paulo Cesar foi possível a partir da iniciativa do próprio usuário, que identificou uma profissão, numa atividade antes tida como lazer. Após um ano recebendo o suporte do Centro Pop e abrigo durante as noites no NIS, Paulo Cesar se tornou o jardineiro da horta e faz a manutenção da área verde nas duas unidades que o atenderam. Atualmente ele continua frequentando os núcleos, mas na posição de profissional, ajuda a manter o cultivo de hortaliças que abastecem as próprias unidades e serve de exemplo para os outros usuários.

O Centro Pop e o NIS fazem um trabalho em conjunto para a reintegração das pessoas em risco social. No Centro Pop as pessoas contam com estrutura para o atendimento diário para higiene pessoal, manutenção de objetos pessoais, alimentação, atendimento psicossocial, regularização de documentação e encaminhamento profissional com indicação para processos seletivos e capacitação para o mercado de trabalho. “Buscamos fazer com que essas pessoas deixem de precisar do auxílio dos programas e restabeleçam suas vidas”, destaca a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

Ao reconquistar sua profissão, Paulo Cesar já recuperou sua moradia. Antes de ser atendido pelos programas, ele era porteiro e passou a viver em situação de rua após ser demitido. Por um ano ficou desempregado e perdeu sua casa, dependendo do auxílio do Centro Pop e do acolhimento do NIS. “Sempre buscamos atividades que produzam frutos para essas pessoas, a horta, antes de tudo, trabalha a autoestima. Estamos conseguindo motivar pessoas a resgatarem suas vidas”, conta a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Katia dos Prazeres.

Estamos conseguindo motivar pessoas a resgatarem suas vidas

O cultivo da horta que começou como uma atividade de lazer, tem incentivado outros usuários dos programas. “Por meio da horta, trabalhamos a integração social, a disciplina e a responsabilidade. Estamos sempre incentivando que os outros usuários também participem”, destaca Kátia, ressaltando que o cultivo do local, é consumido pelos próprios usuários. Aos sábados e feriados eles contam com alimentação no Centro Pop, durante a semana são encaminhados para o Restaurante Popular. A horta do NIS abastece as refeições oferecidas diariamente, para os cerca de 60 acolhidos.

“Hoje tenho uma rotina agitada, encontrei nas hortas um trabalho. Eu queria mostrar o que eu sei fazer e estão gostando. Em todos os locais que vou as pessoas gostam. Enquanto eu puder fazer, vou me dedicar sempre mais. Estou me reerguendo através desse trabalho”, conta o jardineiro, que tem sido chamado para cuidar dos jardins e horta de outras unidades da rede de assistência social.



luciano aguiar de azevedo5

"Integrando os 92 municípios do estado"
         - Luciano Azevedo (fundador)

LEIA O EDITORIAL

Tweets de @destinosdorio

Amigos da Destinos do Rio

Conheça as prefeituras, projetos, empresas, instituições, agências e assessorias da rede de colaboração de conteúdo.