Siga nosso Instagram Siga nossa fanpage Siga nosso Twitter Siga nosso Youtube

O estado do Rio em suas mãos 

Terça, 05 Fevereiro 2019 12:26

Defesa Civil de Angra em alerta

Coluna
Defesa Civil de Angra em alerta Fotos: divulgação

Forte chuva causou alguns transtornos no município, mas não há feridos.


Por Prefeitura de Angra dos Reis

Transtornos causados pela forte chuva

A Prefeitura de Angra, através Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil, continua nas ruas avaliando os transtornos causados pela forte chuva que atingiu a cidade, ontem (4) no final da tarde. Vários bairros ficaram alagados, mas não há notícias de feridos.

Em 24 horas, Angra acumulou 200mm de chuva

Em 24 horas, Angra dos Reis acumulou 200mm de chuva, quando o limite tolerado é de 100mm. A localidade onde a chuva caiu com maior intensidade foi Praia Brava (259mm) e em seguida o Parque Mambucaba ( 200mm). No Balneário, choveu 167mm .

Trinta e seis bairros receberam o alerta de evacuação

11 sirenes espalhadas pelo município dispararam

O sistema de alerta e alarme, resgatado pela Prefeitura de Angra, entrou em funcionamento por volta das 17h. No total, 11 sirenes espalhadas pelo município dispararam, orientando que os moradores de áreas de risco que deixassem suas residências. Trinta e seis bairros receberam o alerta de evacuação. Apesar de a chuva ter diminuído, esse alerta permanece até agora devido ao solo estar encharcado.

Para receber possíveis desabrigados, 21 pontos de apoio foram abertos ontem e continuam funcionando hoje, embora não estejam sendo utilizados por ninguém. No Parque Mambucaba, quatro famílias ficaram desabrigadas, mas foram realocadas para a casa de parentes.

Agentes da Defesa Civil, num trabalho conjunto com a Secretaria Executiva de Serviço Público, estão nas ruas realizando vistorias. Vinte já foram realizadas, sendo que três residências foram interditadas, duas na Sapinhatuba 2 e uma no Parque Mambucaba.

Houve ainda queda de árvores em vários pontos do município. Atualmente, o ponto mais preocupante é a Estrada do Contorno, que está interditada na altura do Hotel Vila Galé. A equipe da Defesa Civil aguarda a chegada de funcionários da Enel para proceder a retirada da árvore.

No Parque Mambucaba, a Rua da Cachoeira, esquina com a Antônio Português, foi interditada devido a erosão do solo.

Além das sirenes, a Defesa Civil de Angra também disparou SMSs com informações aos moradores. O primeiro aviso metereológico foi às 15h. Às 15h50 os moradores receberam informações sobre a possibilidade de chuva, que teve início no Parque Mambucaba, às 16h, e às 17h foi emitido o primeiro aviso de evacuação (Frade).

De acordo com a Defesa Civil, a previsão do tempo para hoje é de céu encoberto com possibilidade chuva em qualquer hora do dia. Às 15h30, haverá maré alta, que só vai baixar às 21h56.

Mais informações

Moradores que residem em áreas de encosta ou alagamento devem ficar atentos aos SMSs de alerta disparados pela Defesa Civil. Ao receber a mensagem deve-se procurar um ponto de apoio. Para receber os alertas, mande um SMS para o número 40199 e informe na mensagem de texto o CEP de sua residência. Qualquer problema ligue para 199 ou 24 33654588.

Bairros com aviso de evacuação

Moradores de áreas de risco:

Areal

Banqueta

Ariró

Bracuí

Gamboa do Bracuí

Ilha do Jorge

Santa Rita do Bracuí

Sertão do Bracuí

Enseada

Ponta do Sapê

Retiro

Frade

Sertão do Frade

Grataú

Piraquara

Itanema

Sertão de Itanema

Marinas

Praia do Jardim

Sapinhatubas 1, 2 e 3

Gamboa do Belém

Belém

Morro da Boa Vista

Parque Mambucaba

Balneário

Morro da Cruz

Morro da Glória 1 e 2

Morro do Peres

Morro do Tatu

Parque das Palmeiras

Vila Histórica de Mambucaba

Serra D'Água

Zungu



luciano aguiar de azevedo5

"Integrando os 92 municípios do estado"
         - Luciano Azevedo (fundador)

LEIA O EDITORIAL

Tweets de @destinosdorio

Amigos da Destinos do Rio

Conheça as prefeituras, projetos, empresas, instituições, agências e assessorias da rede de colaboração de conteúdo.