Siga nosso Instagram Siga nossa fanpage Siga nosso Twitter Siga nosso Youtube

O estado do Rio em suas mãos 

Quinta, 17 Março 2016 00:00

Em Angra, conheça a Casa de Cultura Poeta Brasil Dos Reis.

Coluna

ANGRA DOS REIS — O sobrado datado de 1824 já foi sede de clube e até pastelaria. Posteriormente, foi comprado por uma rede hoteleira que tencionava demoli-lo para construir em seu lugar um “espigão”.


Graças ao movimento cultural liderado por artistas do grupo teatral Revolucena e apoio da população local, após recolher muitas assinaturas a demolição foi evitada e o casarão tombado, assim como outros patrimônios históricos da cidade. O prefeito na época, João Luiz Gibrail Rocha, decretou a desapropriação do prédio e cedeu o espaço para a criação de uma casa de cultura, em convênio com a Secretaria de Cultura do Estado e a Prefeitura.

Após esta luta coletiva, em agosto de 1986 foi finalmente inaugurada a Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis, uma homenagem à importante figura de Angra e do Sul Fluminense.
Segundo consta, foi a primeira casa de cultura em todo o Estado do Rio. Durante seus 28 anos desde sua fundação, a Casa contando com o apoio da Prefeitura através da Fundação de Cultura de Angra dos Reis – Cultuar, já teve vários diretores, sempre alguém do meio artístico ou simpatizante da cultura.

A programação é variada e dinâmica: apresentações teatrais abertas ao público, exposições, cursos, palestras e outras atividades ligadas à cultura.

Entre os cursos e oficinas oferecidos gratuitamente destaca-se o curso Teatro Cidadão, para jovens a partir de 14 anos e ministrado pelo talentoso professor Zequinha Miguel, bem como aulas de música, coral infanto-juvenil e desenho, entre outros.

A casa também mantém um acervo de quadros de artistas angrenses e outros que pintaram a temática de Angra dos Reis.

Sempre com o intuito de manter a cultura viva na cidade, a Cultuar implantou em 2014 na Casa mais um projeto estimulador, o “Manhã de Domingo na Casa”, que consiste em levar artistas a ocupar o calçadão em frente para expor muito artesanato, música, artes plásticas, teatro, e mais atrações.

O projeto tem sido muito bem sucedido, movimentando a casa e dando uma nova cara ao centro da cidade, o qual ficava quase deserto nesses dias e atualmente conquistou um público fiel, não apenas entre moradores como também a partir dos turistas visitantes.

 

 



O Rio de Janeiro em suas mãos pela Destinos do Rio

Curta nossa página no Facebook.

Fechar

luciano aguiar de azevedo5
"Integrando os 92 municípios do estado"
(Luciano Azevedo/CEO fundador)
LEIA O EDITORIAL

Amigos da Destinos do Rio

Conheça as prefeituras, projetos, empresas, instituições, agências e assessorias da rede de colaboração de conteúdo.